Visite o site do artista

6 de abr de 2012

Via Sacra da Igreja da Ordem

Quantas pessoas visitaram hoje (Sexta Feira da Paixão de Cristo), a Igreja da Ordem de Curitiba ?
A Via Sacra, exposta na Igreja da Ordem Terceira de São Francisco das Chagas, em Curitiba, do artista curitibano Luiz Carlos de Andrade Lima (1933*1998), está, até hoje, sem uma placa indicativa da autoria das obras. São 15 telas a óleo, cedidas em comodato pelo artista em 1982, sendo que a 15ª desapareceu das paredes da Igreja em fins de 2006.
Sem falar nos turistas, a grande maioria dos curitibanos frequentadores do templo e do Largo da Ordem desconhece a autoria, pois, não há nenhuma indicação em qualquer lugar da igreja. A Via Sacra está sob a responsabilidade da Mitra e da Fundação Cultural de Curitiba, guardiãs do Museu de Arte Sacra da Igreja da Ordem, e, à elas cabem as providências.

27 de mar de 2012

Viva Curitiba ! 319 anos

Curitiba vista por Andrade Lima


Alguém disse sobre Andrade Lima:
" ... enquanto alguns passam o tempo todo pensando sobre o todo, o macro, outros constroem carreiras magníficas no quintal de casa. É muito bonito isso, ver como esse artista passou a vida toda trabalhando, inesgotavelmente, a partir da terra que ele amava."


.  Em 1993, Andrade Lima foi agraciado com o prêmio 
"Cidade de Curitiba 300 Anos - Melhor Pintor" e, no ano seguinte, recebeu sua consagração máxima, sendo homenageado pelo Governo do Estado como "Cidadão Benemérito do Paraná", em agradecimento à sua obra como artista e mestre, hoje reconhecida, mas, que a posteridade enaltecerá como a de um dos artistas mais importantes que o Paraná produziu para a Humanidade. 



Luiz Carlos de Andrade Lima (1933-1998),
o “cronista de Curitiba”.
Andrade Lima retratou os mais diversos temas, com ênfase para os religiosos e os sociais. São figuras do povo, gente simples das ruas e praças de Curitiba, dos bares e das mulheres da noite.
Por isso, ficou conhecido como o “cronista de Curitiba”.




Em 1980 fundou a "Andrade Lima - Galeria e Escola de Arte" onde lecionou por vários anos, tendo, ainda, sido professor na Escola de Belas Artes do Parana´, Faculdade de Artes do Paraná, Colégio Bom Jesus, Escola Polivalente de Curitiba, Colégio Tuiuti, Colégio Estadual do Paraná  e outros.